segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

13/12/1993



Parabéns pra mim *-*.
Olá a todos, hoje dia 13/12 é o meu aniversário (e de mais 2 pessoas que conheço).
Mas como eu sei e todos sabem, eu sou mais especial que todos, por isso é o MEU aniversário, o MEU dia. Egoísmo a parte, desejo a todos um ótimo final de dia à todos.

Agradeço os parabéns que todos me deram e os presentes que ganhei. Mas o mais importante foi estar com minha família ontem, no domingo, onde todos se reuniram na casa do meu irmão (a mulher dele faz aniversário hoje também) para comemorar os dois aniversários. Comemos cachorro quente e torta de limão.
Ganhei perfume, roupa e um relógio de minha irmã. Tá que eu odeio ela demais, mas eu amo ela. Ela é minha gordinha :D

Bom, agradeço a todos por tudo.
Feliz aniversário Rosana, Júlio Cesar e Eu.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Natal está chegando!



Olá à todos, sabemos que o Natal já está chegando, todos queremos muitos presentes e muita felicidade sempre.
Recebi uma proposta hoje de um irmão meu, que era a de criar, no paint, um gorro de Papai Noel e colocar em uma foto para o perfil do Orkut e MSN.

  



Pois bem, aqui está a minha contribuição



Gostaria que todos entrassem nesta comunidade do Orkut, e que contribuíssem também!


Um Feliz Natal (adiantado) hehe.

sábado, 4 de dezembro de 2010

A Família




O que é a família para você? 
Essa pergunta me faz pensar muito quando vejo por ai nas televisões, na internet e/ou rádios, quando pessoas fazem maldades com seus familiares. Sei que existem doenças que afetam as pessoas e as tornam vulneráveis para tomar atitudes como essas, mas nada justifica o ato de você matar ou machucar alguém que te colocou no mundo, alguém que te criou. Mesmo que sua família seja ausente, e você cresça com outras pessoas, elas não deixam de ser SUA FAMÍLIA.
Pessoas já de idade como seus avós, geralmente te mimam muito. Sinto falta de ser mimado por meus avós, mas é uma pena que hoje tenho apenas uma avó que não está em uma boa fase. Dou o maior apoio à ela, porque sei que ela precisa de mim, do mesmo modo que eu preciso dela. Penso em outros adolescentes que brigam com seus avós e seus pais, por bobeiras, coisas que vão o proteger mas ele, sendo cabeça dura, não entende que é para o bem e acaba fazendo besteiras apenas piorando a situação. Na internet está rolando o vídeo de um sujeito que matou sua própria mãe, não que isso seja totalmente anormal, porque deve-se existir muitos outros casos feito esse por ai espalhados que a mídia não busca.
Como muitos já sabem, sigo uma doutrina de 7 virtudes cardeais da Ordem Demolay, onde a primeira delas é o Amor Filial, ou seja o amor que se tem aos seus pais. Eu tive a minha época de brigar com meus pais, ficar brigado e pensar em fugir de casa, mas isso foi apenas momento, algo que eles tinham feito que era o melhor para mim e eu não quis aceitar, mas hoje em dia eu os respeito, pois os reconheço como meus criadores, as pessoas que no inicio de minha jornada no mundo estavam sempre ao meu lado, se esforçando para que eu seguisse o certo, tenho muito a agradecer a eles por serem quem são e me tornarem o que sou hoje.

Espero que todos um dia reconheçam o valor de seus familiares e os tratem como realmente eles merecem.

“Que Deus te abençoe mãe,
Que Deus te abençoe pai,
Que Deus abençoe a causa da Ordem DeMolay.
Amém.”

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Quem me dera te ver


Esse título se refere à amores de internet, celular e coisas que são chamadas de amor platônico, ou seja, um amor à distância, que não se aproxima, não toca, não envolve. Imagino como muitas pessoas hoje em dia sofrem por este amor, digamos que seria meu caso muitas vezes.

Sempre me apeguei muito às pessoas, e isso me fez tornar alguém vulnerável a um bom caráter, um rostinho bonitinho e a algum carinho recebido. Já sofri por amor de internet, mesmo sabendo que não ia dar em nada, insistia nesse amor porque sentia um carinho enorme por alguém do outro lado do Brasil.

Mesmo sabendo que posso continuar sofrendo, não dá para apenas acordar e falar: “Pronto, agora sou um cara diferente, e não entrarei mais no msn nem no Orkut ou em nada que me proporciona algum contato com pessoas que me fazem bem à distância.” Penso se deveria realmente fazer isto, ou apenas continuar deixando levar essa história, amar alguém de internet com muita influencia, ver esta pessoa e me casar com ela no futuro.

Quem me dera te ver, é a frase mais dita quando se trata de um amor de internet, porque mesmo vendo a pessoa por webcam, vídeos e fotos, nunca é a mesma coisa do que estar lado a lado, olhando nos olhos e dizendo as mais belas palavras para conquistar o seu coração.

Mas, de que vale iniciar tudo isso, se não for acabar? 

Amar é saber esperar e ter confiança. A base de todo amor é a confiança, e quando se há isso, não importa se a pessoa está do teu lado, ou distante, importa se você a ama, ou não.

Desejo a todos uma ótima quarta feira de muito amor.

Pablo Alonso Mariante